Idem Ibidem

Assisti na segunda-feira, 27/12/2010, ao último Custe O Que Custar do ano. Foi o esperado: um seleção dos melhores momentos, tanto dos repórters quanto dos quadros fixos.

Mesmo sendo um telespectador bissexto do CQC, pois não tenho paciência de ver um programa tão espichado numa segunda-feira, ainda mais depois da ressaca ter assistido ao também longuíssimo Pânico no domingo, já tinha visto (ou pensando que tinha) uns 30% do que foi mostrado. Dei sorte de ter testemunhado durante o ano os melhores programas, ou, mais provável, toda segunda é um novo CQC com mais do mesmo. Mude canal, vá ver o Roda Viva, e no fim de ano veja a retrospectiva do Tas & Cia. Nada terá perdido .

Dizem que o programa tem um humor inteligente. Não vou discutir o QI, mas é acomodado. É sempre a mesma coisa: os repórters tentando obter respostas para suas perguntas capciosas de poliíticos e famosos; quadro fixos como o “Proteste Já” e o “CQTeste”; muitas vinhetas que mais parecem um filme dos Transformers e dá-lhe marchandising de chicle, refri e gilete.  
 
Não tenho paciência. O Pânico é mais chinelão, apelativo e grosseiro? É. Mas não é acomodado. Estão sempre inventando absurdos e bobagens novas. Algumas dão certo e caem no gosto do público, muitas outras nem merecem ser repetidas. Mas continuam tentando. Tentando manter-se na adolescência, mesmo com o Bola e o Emílio tendo passado dos 40.

O CQC ainda está engatinhando, mas já precisa de um cadeira de rodas. Daqui a pouco a Globo chama a turma do terninho para o Zorra.

2 Respostas to “Idem Ibidem”

  1. Gus Says:

    Concordo com tudo isso. O CQC, que nunca assito, é exatamente isto. Assino em baixo. Quando quero dar umas rizadas, assito o Pânico. Quando quero ver uns efeitos especiais e merchans, coloco no glorioso futebol americano.

    • Crisanto Says:

      O programa é mediano. Por ser longo e tão cheio de merchands fica chato. Foi bom no início. Agora passou a novidade. Só que ninguém admite. Virou chique dizer que gosta do CQC. É é feio falar mal do programa do Marcelo Tas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: