Estômago de mãe não se engana

Em Passione, a úlcera da Dona Candê (Vera Holtz) sempre dói quando o seu filho Fred (Reynaldo Gianecchini) vai aprontar alguma. A lesão dela funciona como as juntas que predizem a chuva, o que não é sugestão, nem folclore. É explicado pela variação da pressão atmosférica.

Voltando à úlcera, é mais um mistério que será revelado nos últimos capítulos: o polvo Paul não foi pro céu; foi para o estômago da Dona Maria Candelária Lobato. Tudo cientificamente explicável pelo Silvio de Abreu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: